quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Sobre as borboletas e seu livre arbítrio

Prometi uma carta menos “down” e, não sei se vou conseguir, mas acho que hoje trago, ao menos, certa esperança. E isso faz com que não seja completamente ruim ainda estar decepcionado com algumas coisas.

Acho que o jeito é mesmo não correr atrás de pessoas. Cada vez fico mais certo disso. Correr atrás no sentido de ficar me preocupando em quando a pessoa certa vai aparecer. Ou quando, no mínimo, vai aparecer alguma pessoa errada pra me fazer perder um pouco de tempo.

Lembra do cara que contei na última carta? Depois de um tempo sem conversar e de ter visto que ele havia me excluído do Orkut, pensei em mandar um email desaforado pra ele. Achei que merecia um mínimo de consideração, mas, refletindo melhor, vi que ele não me devia satisfação nenhuma. Nunca houve nada entre nós. Nada! A não ser o fato de ele alimentar minha esperança. Mas era uma esperança recíproca! Ele não me enganou, acho. Ele também tinha interesse. Se não tinha, nunca deixou isso claro.

A luz apaga porque já raiou o dia
E a fantasia vai voltar pro barracão
Outra ilusão desaparece quarta-feira
Queira ou não queira terminou o carnaval.

Foi bom eu não ter mandado o email porque, poucos dias depois, ele apareceu no MSN. Fui todo animado cumprimentá-lo e desejar um feliz ano novo. Conversamos normalmente e eu cheguei a comentar que pensei que não conversaríamos novamente. Eu realmente achei que o havia assustado. Ele negou. Disse que não tinha nada a ver e não saber o porquê de eu ter sido excluído da sua lista de “amigos” virtuais.

Dada a brecha, eu – e minha maldita cara de pau – logo perguntei quando iríamos nos ver. A resposta: “Agora fica difícil. Eu estou comprometido.”.

Murchei na mesma hora. E, precisei dizer isso a ele. Me sentiria melhor dizendo o quão decepcionado eu havia ficado ali, naquele exato momento. Ele pareceu ter ficado sem graça, pediu desculpas e disse que não queria que eu ficasse chateado. Chateado? Imagina! Que sejam felizes juntos...

Mentira.

Mas não faz mal, não é o fim da batucada
E a madrugada vem trazer meu novo amor
Bate o tambor, chora a cuíca e o pandeiro
Come o couro no terreiro porque o choro começou


Fiquei sim chateado. Achei falta de consideração. Achei que eu merecia algo mais do que ser levado num banho-maria enquanto não aparecia ninguém mais interessante. Achei que poderia ter sido dito que, “sei lá, não rola”. Achei que não precisava continuar me tratando com apelidos carinhosos e gracinhas virtuais.

Por outro lado, me coloquei no lugar do cara e vi que, talvez, eu não o tenha agradado por completo. Talvez, com o passar dos dias e das conversas, ele tenha percebido que não era tudo o que ele esperou. Isso me faz sentir culpa. Culpa por decepcionar, mais uma vez, a uma pessoa. Mas, quer saber? Tô bem!

Já passou. Tão rápido quanto apareceu, o “tchuco” foi embora... Fazer o que, não é mesmo? Hoje li uma frase e isso me inspirou a te escrever: “O amor pode dar às pessoas o poder de despedaçar você”. Vi que o melhor a ser feito é não colocar expectativas nas pessoas e, por conseqüência, não dar a elas o poder de me despedaçar.

A gente ri
A gente chora
E joga fora o que passou
A gente ri
A gente chora
E comemora o novo amor.


Alguém já disse que devemos cuidar do nosso jardim pra que as borboletas venham até ele. E só as borboletas podem decidir a hora de vir. Então, estou aqui, com meus botões, pronto pra próxima borboleta!

Até!

21 comentários:

Diego disse...

Olá Theo! Como vai? Sem nenhum meio de contato contigo, deixei um recado com seu amigo Le Foxx... Um abraço!

Ahh... Parabéns pelo blog!

Paulo Braccini disse...

é amigo a vida é assim ... criamos as expectativas e na maioria das vezes nos frustramos ... mas é assim que caminhamos na construção de nosso SER ... e vamos aprendendo ... aprendendo ... aprendendo ... e mantemos nosso campo assim, sempre bem fertilizado ...

"Alguém já disse que devemos cuidar do nosso jardim pra que as borboletas venham até ele. E só as borboletas podem decidir a hora de vir. Então, estou aqui, com meus botões, pronto pra próxima borboleta!"

bjux

;-)

FOXX disse...

ai, e pessoas comprometidas não podem ter amigos?

Conto de Meninas disse...

oi Theoo!!
Ahhh mais é assim mesmo.Enquando não aparece a pessoa certa agente brinca de acertar com as pessoas erradas.
Ganhar um balde de agua fria assim é ruim.Mas acontece.

Beijos e apareça mais vezes com suas cartas!Adoroo!

Renato Orlandi disse...

Olá moço, eu já estava com saudades das suas cartas! :D Ia perguntar "tudo bem" mas espero que hoje esteja melhor! Sobre vc escrever sobre assuntos mais densos ou mais felizes para mim não importa, eu tinha uma professora de redação que sempre dizia que tudo aquilo que escrevemos com algum sentimento, seja qual for, escrevemos muito melhor, de forma muito mais intensa, e eu mesmo tenho o costume de escrever bastante em situações ruins da minha vida, então não seja superficial apenas para escrever felicidades se não for o caso, por favor :D. O que eu tenho a dizer sobre o carinha? Aff, Aff, até eu que sou mais bobinho não tenho coragem de deixar ngm a banho maria!!! Vc merece melhor. Apenas tenha a ctz de deixar seus sentimentos, sua felicidade, se está bem ou mal em suas mãos, porque colocar algo tão importante nas mãos de pessoas como ele sempre acaba mal! Gde abçoo!

dand disse...

Olá theo, tudo joia?

Pois é, a vida é assim...Um vez me disseram que "borboletas sempre voltam.". E eu voltei, e você não sabe o quão me arrependi por ter sido tão judiado sentimentalmente.
As vezes é preciso pousar e esperar alguma flor exalar seu aroma mais intensamente com a intenção de nos atrair pra perto de sí.

Abraços.
Dand^^.

Edilson disse...

Querido Theo:

Tõ lendo um livro incrível chamado "Enquanto o amor não vem", este livro simplesmente é bárbaro. Não faz aquele livro de auto-ajuda mas fala de amor de uma forma prática e informal. Se puder emprestar de alguém ou comprá-lo vai valer muito a pena. Bjss querido.
Obs: Buscam a felicidade no externo, mas a verdadeira felicidade encontra-se em você.

J. M. disse...

Olha, Deus me perdoe, e você também, mas essa frase clichê das borboletas me irritam demais! Pode até ser verdade, mas fico irritado com ela. rsrsrsrsrs. Enfim, estar bem consigo mesmo é o que importa. Se não foi ele, que seja outro. Afinal ele não é não será o último homem do mundo. E outras pessoas, outras possibilidades surgirão com certeza. Adoro vc. Bjão.

J. M. disse...

Querido, te indiquei para um selinho. Passa lá no blog e pega, certo? Abração.

Caco disse...

Não esperar demais... É isso também que eu devia botar em prática.

dand disse...

Theo...Tudo jóia???
Respondendo seu comentario no meu post...Realmente, quem tem saudade não está sozinho...Está com as lembranças. Pra mim a saudade é boa quando tem dia e hora pra acabar.

Grande abraço.
dand^^

Anônimo disse...

COnheça um blog novo

Nao Saia Do Armario

www.naosaiadoarmario.wordpress.com

Arsênico disse...

É... Como é complicado encontrar alguém que nos completa e vice-versa...

Enquanto isso... Temos que regar bem nosso jardim... afinal... borboletas não frequentam flores murchas...

Néah?

***

:D

Wagner disse...

Oi Theo!

Bonita suas cartas. Melancólicas, de certo modo, mas bonitas! Entendo suas colocações acerca das angústias e ansiedades que uma busca de relacionamento pode gerar. Em parte passo também por isso...

Mas não desista não! Vá em frente! Temos o direito de ser felizes, e essa felicidade certament chegará.

Abraço!

Renato Orlandi disse...

Oiii eu voltei porque queria te pedir algo, fui indicado ao troféu "The Best GB Janeiro/2010" pelo site "Gazeta dos Blogueiros" dá uma passadinha lá e vota em mim? :D tksss!

(http://gazetadosblogueiros.com)

SOME NÃAAO!

Bjuuu!

Fumaça Subindo disse...

vamos criar um borboletario enfim....

The Girl in the Green Scarf disse...

Olá, nobre estranho!

Estava zazando pelos blogs quando li essa carta que me tocou de certa forma, também joguei algumas ilusões no lixo faz pouco tempo...
Quando isso acontece nos sentimos meio que incompletos na hora, mas depois descobrimos que na verdade isso foi libertador...
A angústia desaparece e uma paz reluzente nos enche a alma. Tudo fica muito claro e notamos que aprendemos, que crescemos com tudo o que passou.
Boa sorte com suas novas borboletas!

De um espírito amigável,

That's All.

Andrey disse...

Texto bonito.
parabens pelo blog

Débora disse...

como é bom ler isso... suas cartas são fantasticas,

"Alguém já disse que devemos cuidar do nosso jardim pra que as borboletas venham até ele. E só as borboletas podem decidir a hora de vir. Então, estou aqui, com meus botões, pronto pra próxima borboleta!"

amei o blog
xD

I LOVE YOU disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,性感影片,正妹,聊天室,情色論壇

日月神教-任我行 disse...

成人論壇,080聊天室,080苗栗人,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,情色論壇,性感影片,正妹,走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人電影,成人遊戲,成人文學,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,性愛自拍,美女寫真,亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,三級片,自拍,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,美女,成人圖片區,avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,正妹牆